quarta-feira, 4 de março de 2015

O HUMOR DE MANÉ BERADEIRO - COMPRANDO CALÇA

Antigamente, bem antes dos anos 60, pelo interior deste  nordeste brasileiro, o matuto quando queria comprar uma calça  não tinha este negócio de saber a largura da cintura. A compra era feita no olho. O cliente via a calça e pela experiência e largura das pernas já sabia se dava ou não para seu uso. Pois bem, um dia, na venda de João Alfaiate, num lugar qualquer deste sertão, Vicente das Cacimbas entra e fala:
-Quero comprar uma calça pra mim!
João Alfaiate está muito ocupado  e pede para que uma funcionária vá atender Vicente. A moça pega uma calça de manapulão, ponhe em cima do balcão e pergunta:
-Essa tá boa?
Vicente responde:
- A senhora abra as pernas de lá que eu de cá vejo o tamanho.
Era assim, sem maldade, sem segundas intenções que o comércio vendia e o matuto comprava.